Como criar um modelo de negócio focado no cliente usando CANVAS

O modelo de negócio Canvas é aplicável a empresas de pequeno até grande porte. Ao contrário de um organograma, que descreve como uma empresa trabalha para entregar produtos para seus clientes, esta ferramenta de negócios ilustra a busca para as incógnitas que a maioria dos novos empreendimentos enfrenta.

Divididos em 9 blocos, você é capaz de visualizar todos os componentes necessários para transformar as necessidades/problemas dos clientes em uma empresa rentável. Quer aprender mais e conquistar clientes com esta abordagem? Acompanhe!

Os 9 blocos

O modelo de negócio Canvas é uma ferramenta que categoriza os processos e atividades internas de um negócio em 9 categorias distintas, cada uma representando um bloco de construção na criação do produto ou serviço. Estas categorias representam os quatro principais aspectos de um negócio: clientes, oferta, infraestrutura e viabilidade financeira.

1. Segmentos de clientes

A gama total de clientes é dividida em segmentos com base na maneira em que os produtos ou serviços de uma organização atendem a uma necessidade específica do segmento. Por isso, é fundamental assegurar que as características do produto estejam alinhadas com as necessidades de cada grupo.

Para realizar uma segmentação de clientes eficaz, uma empresa deve primeiro conhecê-los, tanto através de suas necessidades atuais, quanto prever as futuras. É importante fazer uma avaliação completa destes consumidores, entender seus pontos fortes e fracos e explorar outros tipos de clientes que podem beneficiar a empresa.

2. Proposições de valor

Proposição de valor de uma organização é a combinação de produtos e serviços que ela presta aos seus clientes. Essas ofertas devem ser únicas e facilmente diferenciadas da concorrência. Elas podem ser quantitativas, salientando o preço ou a eficiência do produto ou serviço; ou qualitativas, destacando a experiência e os resultados do produto e seu uso.

3. Canais

Existem várias opções de canais disponíveis para uma organização, e a seleção é baseada no mais eficiente com o mínimo de investimento necessário. O primeiro passo para definir seu melhor canal de distribuição é identificar onde estão os clientes. Dessa maneira, é importante avaliar hábitos de consumo antes de tomar uma decisão.

4. Relacionamento com o cliente

Uma organização deve selecionar o tipo de relacionamento que terá com o seu segmento de clientes, a fim de criar o sucesso e sustentabilidade financeira para o empreendimento. O objetivo principal deverá ser fidelizar clientes a fim de produzir uma receita estável ao longo do ano.

5. Fontes de receita

Um fluxo de receita é a metodologia para monitorar as compras de cada segmento de clientes frente às despesas que você tenha para manter o negócio em funcionamento. É importante trabalhar a rentabilidade do negócio, focando em identificar e lidar com cada fonte de receita. As menos rentáveis deverão ser estimuladas ou abandonadas.

6. Recursos-chave

Os recursos podem ser classificados como humanos, financeiros, físicos e intelectuais. É importante listar seus recursos para ter clareza sobre qual produto ou serviço final a sua empresa precisa e quais os recursos são dispensáveis, resultando em economia de gastos.  

7. Atividades-chave

Aqui é importante identificar quais atividades são fundamentais para a produção de proposta de valor da empresa. Estas atividades são os processos mais importantes que precisam acontecer, para que o modelo de negócio seja eficaz. As principais atividades devem coincidir com fluxos de receita.

8. Parcerias-chave

Trata-se da rede de fornecedores e parceiros que se complementam no sentido de ajudar a empresa a criar a sua proposta de valor. Isso pode ser feito através de uma avaliação da relação de parceria para julgar quais as características do relacionamento precisam ser melhoradas e que tipo de futuras parcerias serão necessárias de modo a atender os clientes de maneira eficaz.

9. Custo

A estrutura de custos define o funcionamento de um negócio. O primeiro passo é identificar todos os custos associados com o negócio. Alguns custos podem ser reduzidos através de determinadas medidas, enquanto outros podem subir se você decidir que um investimento em uma determinada seção resultará em ganhos futuros.

A ferramenta de modelo de negócios Canvas permite que a equipe entenda como os blocos se relacionam e como eles podem ser alterados para aumentar rentabilidade, uma oportunidade de negócio ou inovação podem ser vistos através do seu uso. Quer descobrir ferramentas para garantir uma gestão mais eficiente? Baixe gratuitamente o e-book Chaves para o Sucesso!

Sobre Gilberto Chaves

Avatar

Gilberto Chaves é Coach. Como agente facilitador de transformação, ele ajuda as pessoas e suas organizações a conquistarem objetivos maiores e mais rápidos, através de métodos e ferramentas simples e eficazes.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *